segunda-feira, 29 de novembro de 2010

APDARTES "PARTICIPA" DE FÓRUM INTERMUNICIPAL DE LIVRO E LEITURA

Levar cultura ao morador da periferia, parede sem reboco, casa simples coberta por telha de amianto 3 mm ...chega de teoria, planos, conferências que não levam a ação (Opinião da APDARTES)

Neste evento, dizia-se que seria discutido o PNLL, Plano Nacional do Livro e Leitura, mas o que se viu na verdade foi apenas teoria, teoria e teoria. Nada prático.

Recheado de propaganda política, o evento teve a palestra da representante do Ministério da Cultura, a qual gastou o tempo precioso de todos a falar sobre projetos, leis, decretos, atos administrativos, em um discurso mecânico e robotizado. E ficou nisso. Novamente só teoria.

A APDARTES compreende e prepara-se para que a cultura atinja o morador da periferia, parede sem reboco, casa simples coberta por telha 3 mm e não ficar restrita à palestras climatizadas por ar condicionado e regadas a cafés e guloseimas.

Se não atingir o povo em si, todo este bláblá, este discurso, estes fóruns, conferências seminários, perdem os sentidos.

È preciso ação e não planos que só existem no papel.

Um comentário:

  1. É isso mesmo, Arleto. Estamos acostumados a falar de cultura.

    ResponderExcluir